Erro no fechamento da sefip, valores não batem, atualização? mudança nos atestados com afastamento?

ERRO NO FECHAMENTO DA SEFIP, VALORES NÃO BATEM, OCORREU APÓS ATUALIZAÇÃO DA SEFIP! MUDANÇA NOS ATESTADOS COM AFASTAMENTO?

  • ITEM 4.7.5 – AFASTAMENTO TEMPORÁRIO REFERENTE AOS PRIMEIROS 15 (QUINZE) DIAS QUE ANTECEDEM AO AUXÍLIO-DOENÇA POR MOTIVO DE DOENÇA OU DE ACIDENTE (MOVIMENTAÇÕES O3 E P3) A PARTIR DA COMPETÊNCIA 11/2020 (PÁGINA 84 DO MANUAL):
  • PARECER SEI Nº 16120/2020/ME: Essa alteração é a aplicação do parecer da PGFN da não incidência de INSS Patronal (20% + RAT + Terceiros) nos primeiros 15 dias de atestado, quando houver, em seguida o afastamento previdenciário, seja por auxílio doença ou acidente de trabalho.
  • Só impacta para os empresas que tem colaboradores com atestados de mais de 15 dias e não estão enquadradas como optantes do Simples, exceto as empresa Simples optantes pelo Anexo IV;
  • Essa não incidência de CPP nos primeiros 15 dias de atestado em caso de afastamento previdenciário é retroativo à comp. 11/2020, vamos cuidar para não fazer vínculo com o item 1 por ser casos distintos .
    • NECESSÁRIO AGUARDAR A ATUALIZAÇÃO DO SEU SOFTWARE DE FOLHA DE PAGAMENTO PARA ESSA ORIENTAÇÃO QUE A CAIXA LIBEROU HOJE, POIS A ALTERAÇÃO É NA FORMA DE GERAR O ARQUIVO PARA SEFIP.
  • Se não for possível aguardar, ou você já emitiu a GFIP para recolhimento do FGTS, não tem problema, retifique após o prazo para fins previdenciários.
  • eSocial: não teve atualização quanto à este item, é necessário apenas enviar a rubrica dos 15 primeiros dias com o codIncCP (Código de incidência tributária da rubrica para a Previdência Social) igual a 15 (Exclusiva do segurado – Mensal).
  • IMPORTANTE: A alteração faz com que em seus fechamentos precisem de uma atenção maior onde será necessário realizar um controle sobre esses 15 dias pagos pela empresa e encaminhados ao INSS, em alguns casos você vai precisar retificar a GFIP e/ou eSocial em função de no momento de lançar o atestado não saber se ele será ou não convertido em um afastamento de fato, já que é a perícia do INSS que define isso.
  • ATENÇÃO: Esta não incidência de CPP é sobre a importância paga pela empresa ao colaborador nos 15 (quinze) primeiros dias que antecedem o auxílio doença ou acidente trabalho , ou seja, SOMENTE SE NA SEQUÊNCIA HOUVER AFASTAMENTO PREVIDENCIÁRIO , não se refere a simples atestados menores de 15 dias. “https://www.contabilidadenatv.com.br/2020/12/atualizacao-do-sefip-orientacoes-e-adequacoes/
2 Curtidas

Bom dia Edson!

Estou com esse problema… fiz a emissão das guias do FGTS, já que estão corretas.
Alguém sabe me dizer se a Senior irá atualizar por conta dessa alteração no caso da não incidência da contribuição previdenciária patronal nos afastamentos de 15 dias que antecedem o afastamento previdenciário?
Se é necessário alterarmos as rubricas, alguém pode me explicar como fazer isso?
Cada dia uma nova mudança…

Bom dia,

Segue as orientações

# 06/01/2021 | Alterações Sefip 2021: necessidade de adequação do sistema Senior

De acordo com o Parecer SEI/ME – 10969306, emitido pela PGFN – Procuradoria Geral da Fazenda Nacional, no sentido de acatar a Jurisprudência do STJ para que, a partir de novembro/2020, não seja mais cobrado o encargo patronal sobre o valor pago pela empresa nos primeiros 15 dias de atestado que antecedem ao auxílio-doença a cargo da Previdência Social, será necessário realizar diversas adequações no sistema Senior , pois, entre os dias 28/12/2020 e 05/01/2021, a Caixa disponibilizou uma nova versão Sefip e Manual Sefip 8.4 para atender essa orientação e deixar de tributar o INSS Patronal.

Devido à inexistência de tempo hábil para que o sistema seja alterado para gerar o arquivo sefip.re de acordo com o novo Manual, as empresas que possuem atestados de até 15 dias informados em dezembro deverão enviar o Sefip normalmente para o recolhimento do FGTS (vencimento 07/01/2021).

Quanto ao INSS, orientamos recolher a GPS do sistema, ainda que esteja com o valor a maior (caso a empresa ainda não realize a entrega da DCTFWeb).

Estamos trabalhando para que até 22/01/2021 possamos dar visibilidade da data prevista da liberação da versão. Com essa versão, será possível retificar o Sefip para acertar o valor do INSS.

https://documentacao.senior.com.br/exigenciaslegais/#materias/gp/2021/2021-01-06-alteracoes-sefip-2021-necessidade-adequacao-sistema.htm

1 Curtida

Bom dia Rafael,

Então realizando os envios pelo dctfweb, os valores do INSS vão bater com da Senior?

Abri um chamado na Senior e me enviaram a resposta que até dia 22/01 eles irão nos passar sobre a atualização… esperamos que não seja tão em cima do fechamento da folha de pagamento de janeiro.
Fizemos os fechamentos conforme as orientações.

Qualquer novidade, vamos colocando no portal para que mais pessoas tenham as informações.

1 Curtida

A versão 6.2.34.115 disponibilizada no último dia 22/01/2021 pela SENIOR, trouxe ajustes quanto ao recolhimento previdenciário no Auxílio Maternidade, porém na Nota da Versão não menciona nenhum ajuste quanto ao atestados de até 15 dias com posterior afastamento de auxílio doença. Esse erro ainda permanece?

Infelizmente continua, previsão de liberação do ajuste apenas em 12/02

1 Curtida

Obrigado Lidiane, vamos aguardar.

Obrigada Lidiane!

Então teremos que novamente fechar a SEFIP sem as informações previdenciárias corretas… e depois retificar tudo. É isso né?

Obrigada.

Em andamento ainda: