Férias interrompidas X Pedido demissão - rescisão

Boa tarde

Poderiam me dizer se a rotina de férias interrompidas no sistema está somente para os casos de Licença maternidade ou atende também a pedido de demissão?

Férias de 05/12 a 03/12, pedido pelo empregado em 21/12.

Sei que entes atendia somente a Maternidade, mas no help não tem mais esta observação.

Sendo assim precisava saber o que foi alterado e se podemos usar esta rotina.

https://documentacao.senior.com.br/gestao-de-pessoas-hcm/6.2.35/index.htm#vetorh/fr030emp.htm#FR030EMP_DEUsaFIn1

https://documentacao.senior.com.br/gestao-de-pessoas-hcm/6.2.35/index.htm#rubi/fr040feg.htm

Obrigada
Sheila Souza

Olá, bom dia!

Entendo que o conceito será o mesmo,

“Na geração do recibo de férias individual e coletivas, será gravado um registro nessa tela com todos os dados do próprio recibo de férias. Isso faz com que o gozo das férias possa ser manipulado sem alterar o recibo de férias.
Essa opção é útil quando é preciso interromper o período de gozo das férias depois do colaborador já tê-las recebido.”

Pode utilizar para correto cálculo do período aquisitivo e cálculos dos dias proporcional.

Att,

1 Curtida

Boa tarde

Neste mesmo dia fiz testes no sistema pois hoje ainda temos que contar com os envios e aceitação dos leiautes no site do esocial.

RE 10 - gerado as férias de 05/12 a 03/01 - enviado s-2230 - original

Após feito a rotina de férias interrompidas, gerou o s-2230 retificador 05/01 a 20/12.
Realizado a demissão 21/12 - gerado o s-2299.

No hist. de afastamento ficou férias de 05/01 a 20/12 e demissão 21/12

Os valores no recibo se não estiverem corretos deverão ser ajustados manualmente.

Realizado em Produção e o esocial aceitou os leiautes sem erro.

em colaborador/férias/período/cadastro ficou todos encerrados automaticamente.

Retorno do desenvolvimento e orientação quanto ao procedimento - testes:

" Neste caso você pode usar a rotina de férias interrompidas para fazer o desligamento do colaborador.
Apenas orientamos que certifique-se com sua assessoria jurídica antes de efetuar o procedimento, visto que a interrupção de férias é prevista em legislação apenas para a “licença maternidade”.
Sobre os valores, realmente terá que ajustar manualmente na rescisão."

Atenciosamente
Sheila Souza